Dias...

Passam as horas, os dias, as semanas, na espera de alguma mudança!
Por um lado, a ausência de notícias, significa que pior não está!

O que irá na cabeça dele durante este tempo???
Dia a dia, a sentir-se mais dependente, necessitar dos outros para tudo, no espaço de dois meses e meio, passa de independente para acamado...

Que pensará ele durante todas as horas que passa naquela cama?

Talvez recorde o passado! Talvez até o lamente... Talvez imagine o futuro! Talvez chore o presente!

Eu sei que lamento não ter mais recordações do passado, junto dele!
Aceito o presente, pois dele não posso fugir e ele apresenta-se assim!
Temo o futuro, pois prevejo o que se irá passar e não quero que se passe!

Não quero! Ainda não...
Quero mais tempo. Quero mais tempo com ele! Mesmo naquela cama!
Não o tenho visto todos os dias que gostaria, pois não me tem sido possível, quer emocionalmente, quer por variados motivos a juntar aos 150 km que nos separam.

Mas preciso de mais tempo.
Dai-me mais tempo, meu Deus!

Comentários

Diego Cosmo disse…
http://dcosmo.blogspot.com/ - Nova postagem! "cosmo a pé"
renas disse…
Passei pelo que estás a passar. Não é fácil ver alguém de quem gostamos enfraquecer, perder as capacidades, deixar de ser a pessoa que sempre conhecemos.Lembra-te dos momentos bons, prepara-te para os maus...
Renato.

Mensagens populares deste blogue

O dia em que nasci...novamente...

O drama da depilação...

Dias de Lágrimas...