Mensagens

Adeus avó... Parte II (by Teresa Canhoto Carvalho)

Imagem
Tens umas netas muito dadas à escrita e a Teresa escreveu um texto tão lindo para te ler na tua despedida na igreja que ñ posso deixar de o publicar aqui, pois enriquece em tudo aquilo que escrevi! Quem te conheceu vai reconhecer cada gesto e palavra que ela aqui descreve.
Beijos avó...
"Então minina? Tudo fixê?"
Era assim que me cumprimentava, sempre que eu chegava à sua casa... e lá estava a avó sentada no sofá, com o cigarrinho na boca, enquanto fazia os seus quilómetros de renda e arraiolos. Ai as saudades que eu tenho.... daquela cozinha enorme, com a mesa no meio... de correr com os meus primos à volta da mesa enquanto a avó fazia bolos;
De nos sentarmos dentro da lareira até a cara queimar;
Do natal na sua casa, com pinheiros que chegavam até ao tecto...
Das noitadas a vê-la fazer alheiras e farinheiras com a minha mãe e a tia;
Das noites de Verão na varanda, que enquanto os cigarros não acabassem, a conversa não podia acabar. Também não tinha como acabar, eram ta…

Adeus... Até um dia...

Imagem
Lembro-me de ti!
Lembro do teu cheiro, um misto de tabaco com outra coisa qualquer!
Ninguém tinha uma avó fumadora! Eu tinha!
Eras tão engraçada, tão gozona, tão divertida!
Lembro tão bem das tuas gargalhadas, mais parecia que estavas a ficar sem ar,
Lembro de andares pela casa a cantarolar meio a assobiar de um jeito que não consigo imitar,
De fumares com um braço apoiado por baixo das mamas e o outro por cima de maneira à mão com o cigarro estar sempre perto da boca, e o cigarro chegava ao fim com um arco de cinza pegada ao filtro bem equilibrado! Não sei como conseguias...
Lembro de ficares na conversa até de madrugada,
De acordarmos ao meio-dia e fazeres umas batatas meio fritas com ovos, era a melhor coisa do mundo para pequeno almoço,
Ninguém tinha avós a acordar ao meio dia! Eu tinha!
Lembro-me do cheiro a sabonete Fá na casa de banho dos azulejos verdes!
Lembro-me da cozinha enorme antes das obras e de comer presunto à mesa contigo e com o avô!
Lembro-me que me davas nestun …

Fim-de-semana a dois...

Imagem
O fim-de-semana passado foi o "time out"dos papás. Acabou rápido, mas fiquei de coração cheio e alma renovada.
Fugimos para um pequeno paraíso no meio do Alentejo!
Herdade das Fontes Bárbaras - Enoturismo!



O local ideal para fazer um "reset" e renovar a energia da alma e do corpo!  Longe de tudo e de todos... Sem pressas de modo algum, tudo ao nosso ritmo, com calma, com direito a sesta, a ler, a comer bem, beber bem, a tudo o que temos direito e a mais alguma coisa, que maravilha!
Obrigada amor! Os miúdos, desta vez, ficaram com a avó Aurora para aproveitarmos o fim-de-semana para namorar!
Obrigada avó!

Eu adoro o Alentejo, Adoro a calma que as paisagens me transmitem, a comida, o vinho... tudo, tudo e tudo!










O dia em que nasci...novamente...

Imagem
O último mês foi talvez um dos mais difíceis que passei até hoje! Apanhei o susto da minha vida!
Senti que Deus, O Universo, essa Força Suprema que nos rodeia, me deu uma oportunidade e uma nova avença para mais 42 anos, pelo menos! 
Sou optimista por regra, mas extremamente fatalista excepcionalmente!
E comecei a ver a minha vidinha a andar para trás, muito rapidamente! 
Felizmente acabou tudo bem, mas podia ter acabado tudo muito mal e muito rápido!
Tudo começou com uma pneumonia em Janeiro que me apanhou forte e feio! Duas semanas em casa e apesar de ter ficado sem febre as dores mantinham-se, o cansaço era mais do que muito, uma sensação de aperto no peito, resumindo, estava um cocó!
Três Rx ao tórax depois e lá fui fazer um TAC.
Quando li o relatório, fiquei bloqueada numa palavra, "nódulo"! Já não li, nem vi mais nada! Não ouvi nada do que me disseram nessa altura. Parecia que tinha um bloqueio auditivo, ouvia os outros falarem comigo como se estivesse dentro de águ…

Bestinhas a conduzir!

Imagem
Assusta-me muito andar na estrada com a quantidade de vídeos que a maltinha faz a conduzir!
Assusta-me também a quantidade de pessoas "muito responsáveis" que conduzem a ver a cronologia do Facebook ou Instagram! São uns artistas!
Eu devo ser uma grade naba a conduzir porque não consigo fazer nada disto!
Será que não sabem que se nota, pela condução de merda que fazem, que vão distraídos a olhar para o telemóvel!
Assusta-me que um dia uma destas alminhas possa despistar-se para cima de mim quando eu vou com os meus filhos no carro!
Assusta-me que estas bestinhas se preocupem mais em colocar diretos e lives nas redes sociais do que em preservar a integridade própria e de terceiros!
É só isto para já!

Tempo de desacelerar...

Imagem
A necessidade de acalmar e travar o ritmo alucinante que a nossa vida teima em adquirir, têm-me mantido afastada da escrita.
A vida corre-nos à frente e temos a mania de correr atrás dela sem a vermos passar! E é assim que desperdiçamos grande parte dos momentos especiais que temos diariamente! Com a pressa! Pressa de chegar ao autocarro, ao metro, ao trabalho, à fila do refeitório (hoje estava para esquecer...), de sair do refeitório, chegar a reuniões, a auditorias, a voltar para casa, para jantar, para vestir o pijama, para vestir o pijama da pequena (esta é a parte dramática), para deitar, para dormir depressa para ver se durmo mais um bocadinho!
Basta!
Slow down!
Vamos andar devagar...
... olhar devagar, respirar devagar, viver devagar!
Vamos aprender a fazer isto tudo, porque não basta querer.
Eu vou começar agora!

It's my life...

Imagem