Dias de flores...


As pessoas são como as flores, crescem, desabrocham, ficam maravilhosas, felizes, contentes, e vem um dia que começam a murchar, a secar e as pétalas começam a cair e sentem-se tristes, mais recolhidas, menos viçosas!

Mas se a planta de onde nasceram, continuar a ser bem tratada, a flor volta a nascer a seu tempo, com todo o seu esplendor e vivacidade. Senão, fica seca, oca, sem brilho... e morre.

Ora, nem todos foram talhados para serem jardineiros! E nem sempre cuidam bem das flores que a vida lhes dá, umas vezes porque se esquecem de as regarem, outras por rega a mais que lhes apodrece a raiz.

O que vale, é que existem muitas flores selvagens, que passam por intempéries, por tempos de seca e de cheias, mas renascem das cinzas com a força e vigor que lhe são conhecidos! E embelezam os campos e cidades, sem se deixarem murchar, ou pisar por algum jardineiro mais distraído...

Comentários

sandra disse…
:)

Não podia concordar mais contigo minha linda.
Eu sou uma flor que se deixou murchar. Agora pouco a pouco, lá vou crescendo novamente...por vezes com vontade de encontrar um jardineiro que saiba alimentar o melhor que há em mim.

Mensagens populares deste blogue

Adeus... Até um dia...

O dia em que nasci...novamente...

Fim-de-semana a dois...