Avançar para o conteúdo principal

Tempo de desacelerar...

A necessidade de acalmar e travar o ritmo alucinante que a nossa vida teima em adquirir, têm-me mantido afastada da escrita.
A vida corre-nos à frente e temos a mania de correr atrás dela sem a vermos passar! E é assim que desperdiçamos grande parte dos momentos especiais que temos diariamente! Com a pressa! Pressa de chegar ao autocarro, ao metro, ao trabalho, à fila do refeitório (hoje estava para esquecer...), de sair do refeitório, chegar a reuniões, a auditorias, a voltar para casa, para jantar, para vestir o pijama, para vestir o pijama da pequena (esta é a parte dramática), para deitar, para dormir depressa para ver se durmo mais um bocadinho!
Basta!
Slow down!
Vamos andar devagar...
... olhar devagar, respirar devagar, viver devagar!
Vamos aprender a fazer isto tudo, porque não basta querer.
Eu vou começar agora!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Recado" com 20 anos que me fez tão feliz... "As Minhas Super Enfermeiras"

Se há dias em que a nossa vida tem um propósito e que faz todo o sentido, hoje foi esse dia!

Pensares tantas vezes se devias ter seguido esta carreira? Hoje tiveste a resposta que sim, devias mesmo ter seguido esta carreira de enfermeira!
Pensares por vezes se estás a trabalhar no sítio certo? Sim, estás e com muito orgulho em todos os que comigo trabalharam ao longo destes 20 anos!

Pensar que fizeste a diferença na vida de muita gente, a diferença para melhor, ainda que hoje não trabalhes diretamente com os doentes, trabalhas com os profissionais que cuidam desses mesmos doentes e tentas fazer a diferença também na vida deles, apesar de não tão visível e significativa, mas ainda assim necessária.

Hoje recebi uma mensagem de um anjo que tratei há 20 anos!
Mandou-me também a foto de um papel que guarda há 20 anos.
Tem a data de Outubro de 1997, e o título "As Minhas Super Enfermeiras", só por isto já valeu a pena acordar hoje às 6 da manhã para ir para o sítio do costume.
Con…

Sortuda do caraças...

De repouso forçado uma semana!
As dores estúpidas e lacinantes que comecei a sentir no ombro de repente no domingo vieram-se a revelar uma tendinite calcificante e uma ruptura muscular também!
Apesar de tudo tenho uma sorte do caraças e só tenho a agradecer!
Tive a sorte de estar sempre à hora certa no sítio certo. Consegui fazer rx na mesma hora que cheguei ao serviço de radiologia para fazer só a marcação, consegui uma ecografia dum dia para o outro (costuma demorar imenso). Fui encaminhada para um ortopedista especialista em ombro do Hospital da Luz e por coincidência a minha nova companhia de gabinete trabalhou com ele e arranjou-me consulta de ontem para hoje em Oeiras.
Chego ao Hospital da Luz e as cancelas do estacionamento estavam avariadas pelo que não paguei parque de estacionamento e nem precisei de andar às voltas à procura de sítio porque têm parque subterrâneo. Nem apanhei frio, foi só subir o elevador.
Pessoas super atenciosas, tudo bonito, a sala de espera com vista pa…

Depressão... O papão....

"A depressão é uma chamada de atenção!"
"Isso é de quem não tem nada que fazer!"
"Isso é de pessoas fracas!"
"Manias da cabeça das pessoas!"
"Se tivessem o que fazer não tinha essas depressões!";

Infelizmente é assim que muita gente vê a depressão, mesmo aqueles que estão à beira duma!
Algumas destas frases foram ditas por mim... há muitos anos... 
Quando o médico me disse que eu estava com Uma, a minha resposta foi,
"Ó doutor eu não tenho tempo para essas coisas, isso é para as "tias" que não têm nada que fazer!!!",
claro que amarguei muito estas palavras, muito mesmo!!!
Não é segredo para ninguém que passei por uma depressão grave há 10 anos! Nem eu faço questão que seja segredo, pelo contrário!

Hoje, dia 10 de Outubro, faz 10 anos que a bolha rebentou.
O que me levou ao médico, podia-se ter confundido com uma intoxicação alimentar ou uma "virose", afinal tinha ido a uma festa de aniversário na véspera …