Avançar para o conteúdo principal

Amor de S. Martinho!!!

Foto: Mónica Canhoto
O nosso amor faz hoje 9 anos!
Há 9 anos que nos vamos conhecendo! Não tem sido fácil...
Principalmente porque não somos os mesmos de há 9 anos! (e ainda bem...)
E vamo-nos redescobrindo à medida que mudamos! 


E vamo-nos "reapaixonando" à medida dessas descobertas!
Mesmo quando, às vezes, tenho vontade de te bater, me irrito sem grandes motivos e refilo sem razão, e mesmo quando tu és casmurro e deixas de me ouvir e só queres ouvir o que está dentro da tua cabeça.
Mesmo aí, eu continuo a amar-te.

Não te amo como há 9 anos! Não.

Amo-te muito melhor!
Também me amo muito mais a mim do que antes. ...
Talvez não tenha tanta ânsia de ti quanto tinha, mas sinto-te muito mais em mim agora!
Imagino-me a ficar velhinha contigo velhinho! Imagino dois chatos rabujas a discutir de quem é a vez de ir levar o pequeno almoço à cama, e tu a convencer-me sempre!
Imagino-te a tratar de mim e vice-versa!
Imagino-te a perguntar-me qual é o botão que abre o portão grande pela "enésima" vez, e eu respondo que é o F1 enquanto suspiro e reviro os olhos!


Imagino-nos a relembrar aquela noite de S. Martinho que nos enfeitiçou e nos deu de surpresa, um ao outro.
Relembrar quando me surgiste à frente e senti que as minhas juras de ficar sozinha para sempre, de nada me valiam, pois tu chegaste e ficaste, e eu não queria mais que te fosses!
Relembrar os primeiros dias que passámos juntos, nos quais foram poucos os instantes separados.
Que depois de cinco dias juntos, se seguiram cinco dias separados, nos quais passámos 22 horas ao telefone!
E acho que nesta altura já ambos sabíamos que iríamos ficar juntos para sempre!

Este ano não celebrámos hoje o nosso amor, por condicionantes profissionais, por isso celebraremos todos os outros dias do ano. 
Celebraremos por fazeres com que eu seja tão feliz contigo, 
pela nossa princesa (está uma reguila...), 
pelo nosso menino (que está um homem...)
e porque nós somos muito mais completos, juntos!
Amo-te 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Adeus... Até um dia...

Lembro-me de ti!
Lembro do teu cheiro, um misto de tabaco com outra coisa qualquer!
Ninguém tinha uma avó fumadora! Eu tinha!
Eras tão engraçada, tão gozona, tão divertida!
Lembro tão bem das tuas gargalhadas, mais parecia que estavas a ficar sem ar,
Lembro de andares pela casa a cantarolar meio a assobiar de um jeito que não consigo imitar,
De fumares com um braço apoiado por baixo das mamas e o outro por cima de maneira à mão com o cigarro estar sempre perto da boca, e o cigarro chegava ao fim com um arco de cinza pegada ao filtro bem equilibrado! Não sei como conseguias...
Lembro de ficares na conversa até de madrugada,
De acordarmos ao meio-dia e fazeres umas batatas meio fritas com ovos, era a melhor coisa do mundo para pequeno almoço,
Ninguém tinha avós a acordar ao meio dia! Eu tinha!
Lembro-me do cheiro a sabonete Fá na casa de banho dos azulejos verdes!
Lembro-me da cozinha enorme antes das obras e de comer presunto à mesa contigo e com o avô!
Lembro-me que me davas nestun …

"Recado" com 20 anos que me fez tão feliz... "As Minhas Super Enfermeiras"

Se há dias em que a nossa vida tem um propósito e que faz todo o sentido, hoje foi esse dia!

Pensares tantas vezes se devias ter seguido esta carreira? Hoje tiveste a resposta que sim, devias mesmo ter seguido esta carreira de enfermeira!
Pensares por vezes se estás a trabalhar no sítio certo? Sim, estás e com muito orgulho em todos os que comigo trabalharam ao longo destes 20 anos!

Pensar que fizeste a diferença na vida de muita gente, a diferença para melhor, ainda que hoje não trabalhes diretamente com os doentes, trabalhas com os profissionais que cuidam desses mesmos doentes e tentas fazer a diferença também na vida deles, apesar de não tão visível e significativa, mas ainda assim necessária.

Hoje recebi uma mensagem de um anjo que tratei há 20 anos!
Mandou-me também a foto de um papel que guarda há 20 anos.
Tem a data de Outubro de 1997, e o título "As Minhas Super Enfermeiras", só por isto já valeu a pena acordar hoje às 6 da manhã para ir para o sítio do costume.
Con…

Sortuda do caraças...

De repouso forçado uma semana!
As dores estúpidas e lacinantes que comecei a sentir no ombro de repente no domingo vieram-se a revelar uma tendinite calcificante e uma ruptura muscular também!
Apesar de tudo tenho uma sorte do caraças e só tenho a agradecer!
Tive a sorte de estar sempre à hora certa no sítio certo. Consegui fazer rx na mesma hora que cheguei ao serviço de radiologia para fazer só a marcação, consegui uma ecografia dum dia para o outro (costuma demorar imenso). Fui encaminhada para um ortopedista especialista em ombro do Hospital da Luz e por coincidência a minha nova companhia de gabinete trabalhou com ele e arranjou-me consulta de ontem para hoje em Oeiras.
Chego ao Hospital da Luz e as cancelas do estacionamento estavam avariadas pelo que não paguei parque de estacionamento e nem precisei de andar às voltas à procura de sítio porque têm parque subterrâneo. Nem apanhei frio, foi só subir o elevador.
Pessoas super atenciosas, tudo bonito, a sala de espera com vista pa…